“Ao chegar ao trabalho, esqueça seus problemas pessoais!”

 

 

Você já deve ter ouvido, inúmeras vezes, essa frase. Escrever sobre equilíbrio é um desafio. Talvez porque, encontrar a tênue linha entre o amor e ódio, entre o pessoal e o profissional, entre o racional e o emocional, é no fundo, saber viver.

Algo que buscamos, incessantemente, em nossas vidas e em nossas carreiras, é o equilíbrio entre a vida pessoal e a vida profissional. A frase “o profissional deve deixar seus problemas em casa” é um tanto quanto curiosa, porque parte da premissa de que temos uma “tecla liga-desliga” em nosso cérebro, onde simplesmente seria possível “desconectarmos” dos problemas pessoais, a partir do momento em que iniciamos nossas atividades profissionais, logo ao chegarmos em nosso serviço. O que, definitivamente não é verdade. Mas o que fazer? Como trabalhar bem, atender os clientes com um sorriso, mesmo estando preocupado com sérios problemas pessoais? Para aqueles que gostam do que fazem, eu diria que ir trabalhar  até ajuda a recuperar as forças para enfrentar o problema que “ficou em casa”. Funciona como um “descanso” da carga pesada daquele problema pessoal. Momentos alegres e descontraídos no trabalho nos fazem esquecer, ainda que por momentos, os problemas que enfrentamos.

Certa vez, ofereci-me em substituir um amigo para ministrar um curso em seu lugar, uma vez que o mesmo estava com o filho no hospital, em situação muito grave. Quão grande foi minha surpresa, quando ele declarou, que preferia ir trabalhar, pois assim recuperaria suas energias para a “batalha” do dia seguinte. Assim como esse, conheço muitos outros casos, tendo vivido inclusive, pessoalmente, algo parecido em relação a pessoas doentes na família. Posso afirmar, o trabalho é um “santo remédio” para situações como essas.

Você deve estar pensando, e aí como faço então para estar bem no trabalho apesar de problemas pessoais? Quero conduzi-lo a uma reflexão. A dificuldade não está no lugar e sim no problema em si. Você não deve prejudicar sua vida profissional, porque está com problemas pessoais, muito menos prejudicar sua vida pessoal, porque está com problemas no trabalho. Ao contrário! Busque ser feliz no trabalho, ainda que, em situações extremas, isso signifique trocar de empresa ou profissão. Isso o ajudará a enfrentar seus problemas pessoais. Busque ser feliz em sua vida pessoal, isso o ajudará a ser feliz no trabalho. Uma coisa leva a outra. É um ciclo virtuoso. Concentre-se em resolver seus problemas, pois é só assim que eles não mais o incomodarão, mas também fortaleça seus pontos fortes, isso lhe dará força para lutar, aumenta a autoestima, nos revigora. Basta você começar! Lembre-se, para cada desafio que nos é apresentado, sempre há uma forma positiva de ver a situação.

Autor do artigo:  Luciano Zorzal

Leave a Reply